Mais de 70 mil vacinados da Paraíba não retornaram para segunda dose

Quem perde a data, ainda pode tomar o reforço da vacina

Mais de 70 mil paraibanos que tomaram a primeira dose da vacina CoronaVac ainda não apareceram para tomar a segunda dose.

A aplicação da segunda dose deve acontecer com um intervalo de 28 dias após a primeira. O governador da Paraíba, João Azevêdo, usou as redes sociais para alertar sobre o quadro e fazer um apelo à população.

“Mais de 70 mil pessoas em toda a Paraíba, que receberam a primeira dose da Coronavac, ainda não procuraram os postos de vacinação para tomar a segunda dose. Essa dose é fundamental para garantir a imunização”, disse Azevêdo em sua conta no Twitter. A vacina produzida no Instituto Butantan é a mais usada para vacinação no estado.

Mais de 70 mil pessoas em toda a Paraíba, que receberam a primeira dose da Coronavac, ainda não procuraram os postos de vacinação para tomar a segunda dose. Essa dose é fundamental para garantir a imunização e deve acontecer com um intervalo de 28 dias após a primeira. — João Azevêdo (@joaoazevedolins)

“Renovamos o apelo para todos que foram vacinados até 5 de março, retornem aos postos para receber a segunda dose e garantir que estarão livres do risco de ser mais uma vida que perdemos para essa doença terrível”, acrescentou. O governador também pediu aos municípios que façam uma busca ativa para garantir a cobertura vacinal da sua população.

Quem perde a data, ainda pode tomar o reforço da vacina. Dúvidas podem ser esclarecidas com as secretarias estaduais de Saúde.

Intervalo entre as doses
Quando autorizou o uso das vacinas, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisou as pesquisas disponíveis para indicar o intervalo entre as duas doses. A agência reguladora autorizou que a vacina de Oxford/AstraZeneca tenha intervalo de até 12 semanas (84 dias) entre a primeira e a segunda dose. Já a CoronaVac deve manter o intervalo de 4 semanas.

“A importância de você tomar a vacina é para que você pegue uma imunidade contra essa doença que temos aí. Agora, se você tomou a primeira dose, não deixe de tomar a segunda, porque é um reforço da primeira dose. Você não pode ficar com uma dose só. Se a vacina é do tipo que deve ser tomada duas vezes, por que não tomar?”, recomendou o diretor Associação Médica Brasileira (AMB), José Fernando Macedo.

Mais vacinas
O governador também anunciou a chegada de 180 mil novas doses da vacina. Dessas, 167 mil são CoronaVac, do Butantan, e 13,7 mil vindas da Fiocruz.

Da Agência Brasil

Quer receber todas as notícias do F5 no Whatsapp? Clique no link abaixo e cadastre-se.
https://bit.ly/whatsappf5

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Filha de Pocah é alvo de racismo após embate da cantora com Juliette no BBB 21

No Twitter, o perfil oficial de Juliette Freire também se manifestou contra as mensagens racistas. "Papo rapidinho aqui: reta final, 15 dias para o fim do BBB. Veremos de tudo. Mas continuaremos sem aceitar ver, e repudiando veementemente, qualquer ataque que incite ódio, ou seja, crime. Isso é um jogo, existem limites. Atacar a filha de Pocah é um absurdo."

Copiloto morre na queda de aeronave no aeroporto da Pampulha

Segundo nota da Infraero, a aeronave fazia um voo teste. A pista do aeroporto ficou interditada entre as 13h55 e 14h29. O acidente será investigado pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

Serviços de Atenção Básica e Especializada na capital não funcionarão nesta quarta-feira (21)

De acordo com a diretora de Atenção à Saúde, Rayanna Coelho, estarão fechadas as unidades de saúde da família (USF), policlínicas municipais, centros de práticas integrativas e centros de especialidades odontológicas (CEO), com exceção do CEO da Torre, que funciona 24 horas, atendendo urgências e emergências.

Vacinação contra a covid-19 é suspensa em João Pessoa a partir desta quarta-feira

Nesse período de espera pelas novas remessas de vacinas, a Secretaria de Saúde recomenda que as pessoas aproveitem para realizar o seu cadastro pelo aplicativo ‘Vacina João Pessoa’ ou pelo site vacina.joaopessoa.pb.gov.br. A organização pela fila digital contribui com o fluxo da vacinação, organizando a distribuição de doses e evitando a aglomeração nos postos de vacinação.

Estado registra 42 mortes e 1.072 novos casos de covid-19 nesta terça-feira

As vítimas são 20 homens e 22 mulheres, com idades entre 33 e 90 anos. Diabetes e cardiopatia foram as comorbidades mais frequentes e 16 não tinham comorbidades. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 68 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 689 pacientes estão internados nas unidades de referência. O boletim registra ainda um total de 194.932 pacientes recuperados da doença.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#